Um velho tema - O Diário - Mogi das Cruzes , Suzano e Região do Alto Tiete
Fechar

           ARQUIBANCADA

Um velho tema

Arquibancada, Opiniao

A semana foi marcada por duas iniciativas para ajudar atletas e entidades esportivas da Cidade para ter melhores dias nas suas respectivas modalidades com apoio da iniciativa privada. A primeira, na quinta-feira, foi realizada na Câmara de Mogi. Trata-se de uma palestra do secretário adjunto de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo, Silvio Garcia Júnior, abordando incentivos da legislação estadual. A iniciativa partiu do vereador Marcos Furlan (DEM), presidente da Comissão Permanente de Esporte e Turismo do legislativo mogiano. A segunda ocorreu um dia depois. No encontro na sede do Condemat, representantes e secretários municipais das cidades do Consórcio voltaram a debater o tema com o chefe da pasta de São José dos Campos, onde a lei em pauta funciona e garante benefícios aos joseenses há mais de 20 anos.
Um velho tema 2
Na Câmara mogiana, o vereador Furlan, autor do projeto de lei complementar que está tramitando na Casa para alterar a legislação municipal de incentivo ao esporte, lembra que “a lei não funciona do jeito que está e só desestimula o empresariado”. Segundo ele, enquanto não se corrige a distorção, o pessoal deve buscar ajuda na legislação estadual. O programa do Estado permite que empresas deduzam até 3% da dívida do ICMS para atividades que envolvam o esporte. Para 2017, está disponível teto de R$ 59 milhões.
Um velho tema 3
A reunião da Câmara Técnica de Esportes do Condemat – Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê, contou com a participação do secretário de Esportes e Qualidade de Vida de São José dos Campos, Paulo Rabelo da Silva. Ele foi convidado pelo grupo para apresentar a Lei de Incentivo Fiscal (LIF), de estímulo à prática esportiva. Por lá, as empresas aportam, em projetos esportivos, parte dos recursos de tributos como o IPTU e o ISS. A verba é gerida através do Fundo de Apoio ao Desporto Não Profissional (Fadenp) e a isenção de impostos pode ser de até 50%. A lei de São José deve servir de base para a proposta de um modelo regional no Alto Tietê.
Um campeão
Ex-técnico de voleibol de Suzano, Ricardo Navajas colocou mais três títulos na sua coleção. Atual diretor técnico do Taubaté, ele faturou o Campeonato Paulista, a Copa do Brasil e foi vice-campeão da Superliga Masculina da temporada (2016/2017) – encerrada no último dia 9. Ele já está no comando para reformular o time do Vale do Paraíba. E mais uma vez está montando uma verdadeira seleção para manter a equipe disputando títulos. Entre os reforços, trouxe Dante, que estava atuando na Grécia, e que também já defendeu as cores suzanenses. Em Suzano, Navajas conquistou oito títulos estaduais e cinco nacionais. A conta não para.

Compartilhe nas redes sociais...Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone